Dicas melhores exercícios de musculação

Exercícios de musculação

Quantas vezes você já viu rotinas de exercícios de musculação dos ” campeões ” em várias revistas de musculação? Após a leitura você fica espantado imaginando como um ser humano é capaz de manter tais rotinas de exercícios e enormes cargas de peso.

Você pensa: ” Eu não tenho o que é preciso para fazer isso.” Bem, você sabe o quê? Você não tem e você não deve. Esses caras usam uma grande quantidade de esteroides.

Os melhores exercícios de musculação para 99 % de nós no mundo real são muito diferentes do que nas revistas. Portanto, esqueça tudo que você já viu nas páginas brilhantes e veja nossas dicas.

No começo

Rotinas de treino têm evoluído ao longo dos anos. Em meados do século 20 os fisiculturistas, como John Grimek , Steve Reeves, e Clancy Ross geralmente treinavam três dias por semana. Suas rotinas de musculação evoluiriam a cada treino. Exercícios para o aumento de força eram combinados com refeições saudáveis ​​e muito sono. Durante as últimas semanas antes de um concurso a quantidade de exercícios era aumentada para queimar a gordura extra e revelar mais musculatura. Muitos físicos de  Mr. America e Mr. Universe foram construídos desta forma.

Rotinas de exercícios para o corpo inteiro eram a regra, até que as revistas começaram a incentivar mais conjunto de exercícios. A ideia era, que se 3 dias por semana era bom, então 4 , 5 ou 6 dias por semana, deveria ser melhor.

Na verdade, uma grande parte desta propagando visava a venda de mais suplementos e equipamentos. Os exercícios, eventualmente, tinha que ser divididos para que apenas partes do corpo fossem trabalhadas durante cada treino de musculação.

A Era de alto volume

Durante a década de 60 fisiculturistas começaram a treinar 6 dias por semana, fazendo rotinas de volume muito alto em busca de corpos maiores e sem gordura.

Esteroides desempenharam um papel importante no início deste período. As rotinas de musculação eram duras, pesadas. Quando as drogas foram introduzidas a capacidade de recuperação dos fisiculturistas disparou. Eles poderiam suportar muito mais treino e muito mais peso.

Junto com as drogas, o treino adicional criava corpos mais magros e musculosos que desafiavam a lógica. Os exercícios de Arnold Schwarzenegger, Franco Columbu, e Frank Zane são exemplos de grande quantidade de treinos nesse período.

É improvável que qualquer fisiculturista natural possa desenvolver o seu corpo com a mesma intensidade com estes exercícios. No entanto, existe uma grande variedade em termos de volume e frequência que um fisiculturista natural pode usar em suas rotinas de treino .

No início dos anos 70, Arthur Jones ficou bastante famoso promovendo High Intensity Training como uma maneira revolucionária para a construção muscular . Isso foi durante o auge do treinamento de alto volume. As revistas traziam rotinas de treinamento dos campeões com página após página de séries e repetições.

Na verdade, as rotinas nautilus, em muitos aspectos se assemelhava as rotinas de musculação originais de Grimek , Reeves , e outros dos anos 40 e 50. Jones tentou aplicar a lógica e a ciência para explicar por que essas, rotinas básicas de baixo volume eram melhores do que os exercícios de alto volume.

A base de sua teoria era que os treinos deveriam ser intensos, breve e infrequente  Este foi e ainda é uma boa dica para muitos, especialmente os não são geneticamente dotado.

Tendências Atuais

As rotinas de exercícios de musculação atuais vão desde o baixo volume, aos métodos de alta intensidade de Mike Mentzer e os treinos de intensidade média promovidos em 1972 pelo Mr. América Steve Michalik .

A maioria dos treinos produtivos , no entanto, se encontram no meio de tudo isso. Você vai ter que decidir o que funciona melhor para sua situação .

Dicas melhores exercícios de musculação 1

Dicas melhores exercícios de musculação 2

Dicas melhores exercícios de musculação 3

Dicas melhores exercícios de musculação 4





One Comment

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *