Efeitos colaterais do Hormônio do Crescimento

Os perigos do hormônio do crescimento

Algumas pessoas buscam uma substância chamada hormônio do crescimento humano (HGH) na esperança de manterem uma aparência jovem. Mas especialistas dizem que a esperança é infundada. E pior, esses produtos podem apresentar efeitos colaterais e serem prejudiciais.

HGH, é produzido naturalmente pela hipófise, estimula o crescimento em crianças e adolescentes. Ele também ajuda a regular a composição corporal, fluidos corporais, músculo e o crescimento ósseo, o metabolismo do açúcar e gordura, e, possivelmente, a função do coração. Produzido sinteticamente, o HGH é o ingrediente ativo em uma grande quantidade de medicamentos e outros produtos comercializados na internet.

O Hormônio do crescimento humano foi  desenvolvido em 1985 e aprovado para o uso específico em crianças e adultos. Em crianças, injeções de HGH são aprovadas para o tratamento da baixa estatura de causa desconhecida, bem como crescimento deficiente devido a uma série de causas médicas, incluindo: síndrome de Turner (doença genética que afeta o desenvolvimento de menina), síndrome de Prader -Willi (doença genética rara que causa baixos níveis de hormônios sexuais, e uma constante sensação de fome), insuficiência renal crônica, insuficiência ou deficiência de HGH, crianças que nasceram pequenas para a idade gestacional.

Em adultos, os usos aprovados de HGH incluem: síndrome do intestino curto, deficiência de HGH (devido a tumores hipofisários raras ou seu tratamento), e doenças musculares associadas ao HIV.

Mas os usos mais comuns do HGH acontecem em academias de musculação e são ilegais. Algumas pessoas usam o hormônio, junto com outras substâncias dopantes, como esteroides anabolizantes, para construir músculos e melhorar o desempenho atlético.

Esse pensamento é errôneo já que se o atleta recebe uma quantidade fisiológica de hormônio de crescimento, a hipófise vai parar de produzi-lo. Assim, ao receber uma injeção de HGH, o organismo dessas pessoas não reconhece se a substância foi produzida por ele mesmo ou se veio de fora e avisa a hipófise para suspender a produção.

O uso excessivo do hormônio do crescimento sintético não só desfigura a fisionomia e aumenta as extremidades, mas leva com frequência ao diabetes, à hipertensão arterial e alguns tipos de câncer.

Efeitos colaterais do Hormônio do Crescimento 1

Efeitos colaterais do Hormônio do Crescimento 2

Efeitos colaterais do Hormônio do Crescimento 3

Efeitos colaterais do Hormônio do Crescimento 4





2 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *